Anterior

CIEE oferta 12 mil vagas de estágio

22/02/2021

Anterior

Próxima

Proprietários de veículos com placa final 8 têm até amanhã para pagar o IPVA 2021 sem desconto

22/02/2021

Próxima
23/02/2021 - 06:00
Contra a Covid-19, investimentos na higienização dos ônibus é intensificada
 Foto: Divulgação 

.


Declarada oficialmente em março do ano passado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) mudou hábitos e costumes das pessoas. As empresas também precisaram se adaptar a nova realidade. Com o Grupo São João, não foi diferente.

Para se prevenir da doença, algumas regras passaram a ser observadas de forma mais rígida. Entre elas as que dizem respeito à higienização pessoal, de máquinas, equipamentos e ambientes. Foi pensando justamente na saúde e no bem-estar de todos os que se utilizam dos serviços prestados – e dos colaboradores, é claro – que a empresa estabelecida em Sorocaba, interior de São Paulo, agiu rápido. Desde quando a pandemia foi declarada, os cuidados com a limpeza externa e interna de todos os veículos da frota, além dos setores administrativos e pontos de embarque e desembarque, foram redobrados.

O Grupo São João, inclusive, investiu em um produto de última geração e mais eficaz que o álcool 70% para a execução dos trabalhos. Entre as empresas do setor de transporte, a iniciativa, na época, foi inédita no Estado. “Além de não ser inflamável, este produto possui ação mais abrangente de limpeza e de desinfecção e traz resultados mais satisfatórios e seguros às pessoas que circulam, trabalham ou têm contato nos ambientes onde há a aplicação”, detalha o gestor de higienização, Emerson Bueno Alves. “Trata-se de um produto até então utilizado apenas em hospitais, principalmente em UTIs, centros cirúrgicos e ambulatórios.”

Apenas no ano passado – de março, quando a pandemia foi declarada, a dezembro – foram usados 1.300 litros por mês, ou seja, 13 mil litros em dez meses. “É um investimento que fizemos e continuamos fazendo pensando na saúde dos nossos usuários, clientes e colaboradores”, afirma Emerson.

Toda vez que o veículo entra na garagem, o produto é borrifado nas poltronas, pegadores, volantes e outros lugares que possam abrigar a Covid-19. “Este processo é realizado de três a mais vezes por dia, todos os dias”, ressalta o gestor de higienização, acrescentando que o mesmo trabalho é feito no Terminal João Souto Neto, em Votorantim, na rodoviária em Sorocaba e em outros pontos de embarque e desembarque de passageiros.

ÁLCOOL EM GEL

Os investimentos do Grupo São João no combate à Covid-19 não param por aí. Prova disso é que a empresa mantém álcool em gel 70% à disposição dos passageiros nos veículos da frota, nos departamentos da empresa e no terminal em Votorantim. De março a dezembro, por exemplo, mais de 1.900 litros, uma média de 190 litros ao mês, foram utilizados.

Outra ação importante é que a frota – carros fretados, urbanos e metropolitanos – é lavada por dentro e por fora. “Os produtos que usamos para a higienização e desinfecção são biodegradáveis e, por isso, não agridem ao meio ambiente”, conclui Emerson.

O GRUPO SÃO JOÃO

O Grupo São João é uma das poucas empresas do segmento certificada com o ISO 9.001, ISO 14.001 (versão 2015) e com o selo do IQA (Instituto da Qualidade Automotiva) do Inmetro. Presta serviços de transporte coletivo de passageiros, por fretamento e linhas regulares, na Região Metropolitana de Sorocaba, São Paulo, e em Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia, onde, inclusive, as mesmas técnicas de higienização e investimentos foram implantados.

 

Fonte: Assessoria de imprensa do Grupo São João









Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.