Anterior

Vendas durante a Black Friday ganham destaque entre o setor supermercadista

07/11/2019

Anterior

Próxima

Homem tem cartões trocados e prejuízo de R$ 5 mil no Parque Jataí

08/11/2019

Próxima
07/11/2019 - 17:54
Líder de facção criminosa que atuava em Votorantim é preso
 Foto: Jorge Silva 

Produtos apreendidos

 

 

Quatro homens foram presos na manhã desta quinta-feira (07) suspeitos de participação com o crime organizado de Votorantim.

A Polícia Civil de Sorocaba, por intermédio da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), com o apoio da Força Tática da Polícia Militar de Votorantim, realizou uma operação visando o combate ao crime organizado.

Três homens foram presos em Votorantim, nos bairros Jardim Rodrigues, Parque São João e Fornazari e um foi preso em sua casa, no bairro Vitória Régia, em Sorocaba, sendo este considerado um dos líderes de uma facção criminosa. Um dos presos seria o executor do chamado “tribunal do crime” de Votorantim.

O delegado da Dise de Sorocaba, Rodrigo Ayres, explicou que as investigações começaram há cinco meses. “Já havíamos prendido outros três envolvidos nesse grupo criminoso do tráfico em Votorantim, há cerca de um mês. Naquela oportunidade nós apreendemos 4 quilos de cocaína a granel. Hoje fizemos uma segunda etapa dessa operação para o cumprimento de sete mandados de busca e duas prisões temporárias. Mas durante a operação, foram presos outros dois homens em flagrante. Um deles, apesar de residir em Sorocaba, é quem comandava o tráfico em Votorantim, e além de ele ter essa atribuição, essa força em Votorantim, ele também comandava o chamado “tribunal do crime”, dentro de uma facção criminosa. Esse tribunal executava “sentenças” para devedores da própria facção criminosa ou a condutas que não se alinhavam ao grupo, e ele era o responsável pelo julgamento dessas condutas. E junto com ele, nós prendemos também outro homem que também participava do tribunal do crime e era o executor dessas ações”, detalhou o delegado.

De acordo com as investigações, o tráfico da maior parte da cidade de Votorantim era comandado pelo homem preso em Sorocaba. “Ele era a grande liderança, inclusive era chamado “disciplina” em Votorantim, mas também tinha alguns pontos de vendas também em Sorocaba”, comentou. O detido já cumpriu pena por cerca de 10 anos e estava em liberdade, cumprindo pena em regime aberto, desde dezembro de 2018. Os outros presos também já possuem passagens por motivos como homicídio, extorsões e tráfico de drogas.

Foram apreendidos celulares; tabletes, uma pistola calibre 380; um carregador com 18 munições 380; 19 munições de fuzil 7.62; um notebook; 71 pinos de cocaína; 120 pedras de crack; 03 tijolos de maconha; cerca de R$ 300, anotações da contabilidade do crime e um carro Chevrolet Agile.

“Os suspeitos serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, já o morador de Sorocaba também será indiciado por porte de arma de fogo e pelo crime de resistência, pois no momento em que os policiais chegaram, ele tentou se evadir e inclusive utilizar-se da arma de fogo para resistir a prisão. “Com essas prisões acreditamos que conseguimos desarticular o principal grupo de tráfico em Votorantim”, explicou o delegado.

Segundo Ayres, ainda não é possível precisar quantos crimes foram cometidos pelo chamado “tribunal do crime”, podendo inclusive haver homicídios.

Cerca de 25 policiais participaram da operação.

 

 

 

 



Veja mais fotos:

  1. Delegado Rodrigo Ayres (por Luciana Lopez)

  2. Delegado Rodrigo Ayres (por Luciana Lopez)
  3. Por Jorge Silva

  4. Por Jorge Silva







Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.