Anterior

Coluna do Chef: Salada de quinoa

11/03/2019

Anterior

Próxima

Tradição: feiras sobrevivem as dificuldades e tem público fiel em Votorantim

11/03/2019

Próxima
11/03/2019 - 10:42
Praça de Eventos reúne frequentadores que buscam esporte e lazer

Ivana Santana
 Foto: Ivana Santana 

Euzilene Maria Guioto e seus filhos

Espaço amplo e plano, boa localização, segurança, lazer, exercícios físicos e saúde. Todos esses termos estão associados à Praça de Eventos Lecy de Campos, no Centro de Votorantim. Segundo o jornalista, escritor e pesquisador da história de Votorantim, Cesar Silva, a Praça mais famosa e movimentada da cidade foi inaugurada em dezembro de 1996, durante o governo do ex-prefeito Erinaldo Alves da Silva. Atualmente, a Praça é palco para diversos eventos durante todo o ano. Porém, César relembra que não foi sempre assim.

“Em 1997 o ex-prefeito João Souto Neto assumiu em Votorantim. A Praça de Eventos naquela época não tinha tantos eventos assim. Era uma praça bonita, mas não tinha tanta movimentação. Tinham algumas atividades, mas era pouca coisa. Não tinham eventos grandes. O que marcou os primeiros anos da Praça foi o carnaval, que era realizado no local. O evento sempre lotava a Praça. Mas na época do governo João Souto, com a Praça nova, nós tínhamos lá basicamente a festa junina e o carnaval. Nos demais períodos do ano ainda não tinha grande movimentação de público, o que fazia com que as pessoas brincassem que a Praça de Eventos era uma ‘praça de ventos’. Depois veio o prefeito Jair Cassola e naquela época, sim, a Praça começou a ser mais movimentada, com eventos desde exposições de flores, eventos de cães, de veículos automotores e feira de artesanato dentro da marquise. Tudo isso trouxe mais visibilidade para o local. Inclusive a marquise foi uma grande referência e até hoje as pessoas reclamam da falta da marquise como suporte e apoio no local”, comenta Cesar, que ainda destacou que o primeiro casamento coletivo realizado em Votorantim aconteceu em dezembro de 2001, reunindo 40 casais na marquise da Praça de Eventos.

De acordo com a Prefeitura Municipal, a Praça tem uma área de 29 mil metros quadrados. Em maio de 2012, na gestão do ex-prefeito Carlos Augusto Pivetta, a Praça passou por reformas e foi reinaugurada sem o palco e a marquise.

Atualmente, a Praça é uma opção para lazer, diversão e práticas de atividades físicas, além de sediar diversos eventos durante o ano. O aposentado Ariovaldo Paes de Camargo, de 58 anos, que mora na Vila Dominguinho, frequenta a Praça de Eventos todos os dias há cerca de dez anos. Ele se desloca a pé de sua casa para a Praça, onde pratica caminhada e utiliza os aparelhos da academia ao ar livre. “Vir aqui é rotina, não posso faltar! Eu uso todos os aparelhos, um pouco de cada. Eu sigo um padrão de exercícios que eu mesmo planejei. Eu acho mais fácil vir aqui do que fazer academia, na minha idade acho difícil academia, academia é mais para os jovens. Eu prefiro fazer exercícios aqui do que em praças de bairro, porque é maior e mais seguro. Eu costumo chegar aqui 6h30 da manhã e fico até umas 8h30 da manhã. Eu prefiro vir de manhã porque eu acordo bem descansado. Eu faço exercícios para manter a forma e também para a saúde. Muita gente da minha idade tem muitas dores, e eu não sinto nada. Acho que é por causa dos exercícios”, relata Ariovaldo.

A dona de casa Angelia Pereira Ferro, de 57 anos, que mora no Parque Bela Vista, também diz frequentar a praça todos os dias para se exercitar na academia ao ar livre. “Essa praça é a mais perto da minha casa, também é mais perto de tudo. Eu venho de carro para cá. Eu gosto desse ambiente, ele é muito saudável. Eu venho fazer exercícios por causa da minha saúde, eu estava com colesterol e pressão alta e caminhando e fazendo exercícios abaixou bastante. Eu faço todos os aparelhos, alongo e faço caminhada. Eu mesma criei minha rotina de exercícios. Por enquanto o dinheiro não está dando para pagar academia, então minha opção é a academia ao ar livre. Aqui supre bem a necessidade de exercícios”, conta Angelia, que pratica os exercícios de manhã ou à tarde, após levar a filha para o trabalho ou antes de buscá-la.

Cuidar da saúde também é o que motiva a dona de casa Márcia Meira, de 47 anos, que mora na Vila Irineu. Ela frequenta a praça diariamente para praticar caminhada. “Fazia mais ou menos um ano que eu frequentava a Praça de Eventos para fazer caminhada, mas eu tive que parar porque eu fiz uma cirurgia. Faz uns 15 dias que eu voltei a vir. No tempo que eu fiquei parada eu senti bastante falta. Eu costumo vir umas 8h e dou três a quatro voltas na Praça. Por eu estar voltando agora, eu acho que é uma boa média. Eu pratico caminhada aqui porque eu acho a Praça de Eventos um lugar mais plano para se fazer caminhada. Eu tenho problema na coluna, e aí aqui não tem tanto desnível que afete a coluna”, explica Márcia.

Outra atividade física bastante praticada pelos frequentadores da Praça de Eventos é andar de bicicleta. O aposentado Evaristo da Rocha, de 67 anos, que mora no bairro Mirante dos Óvnis, vai duas vezes por semana até o local para pedalar. Ele acredita que deveriam ter bicicletas de uso coletivo no local. “Eu comecei a vir faz uns dois anos, por influência do meu sobrinho, que me falou que era um bom lugar para praticar essa atividade. Aí eu comecei a frequentar. E realmente, o espaço é muito bom para andar de bicicleta. Só é ruim porque fecham para a festa junina, aí a gente tem que procurar outro lugar para fazer exercícios. E eu também acho que aqui deveria ter bicicletas públicas, porque tem muitas pessoas que não têm condição de ter uma bicicleta e que gostariam de andar de bicicleta. Votorantim poderia seguir o exemplo de Sorocaba nisso”, analisa o aposentado.

A Praça também é procurada para o desenvolvimento de outras diversas atividades e esportes. O personal trainer Reginaldo Coutinho, de 23 anos, que mora na Vila Nova Votorantim, dá treinos duas vezes por semana no local. “Aqui é um ambiente muito gostoso porque é amplo, tem bastante espaço, tem verde, e é um ambiente muito gostoso para a prática de atividade física. Como personal trainer, eu enxergo que é um bom espaço para quem quer correr, andar de bicicleta, de patins, entre outras atividades. Aqui eu dou o treino de funcional voltado ao futebol. Eu trabalho explosão, coordenação motora, cardiorrespiratório, aquilo que o aluno precisa e procura. Meus treinos são de manhã e à noite”, comenta o personal.

Um dos alunos de Reginaldo é Murilo Lucas, de 22 anos, que mora no Jardim Icatu. Murilo atualmente trabalha com venda de espetinhos, mas já jogou futebol profissionalmente e hoje joga como volante na várzea, no time FC Bayern Votorantim. “Eu treino para jogar na primeira divisão da várzea de Votorantim. Faz umas duas semanas que eu estou treinando aqui na Praça de Eventos. O espaço aqui é ótimo, é amplo para praticar diversas atividades. Para o tipo de atividade que eu pratico aqui é um bom espaço, porque ninguém atrapalha. Tem espaço para todo mundo. Nos meus treinos eu estou fazendo bastante movimentação, porque eu estava parado desde o ano passado e estou voltando aos poucos para entrar em forma para o campeonato. Esse treino ajuda bastante na minha desenvoltura no jogo, porque mesmo sendo várzea e amador, se você ficar a semana inteira parado e quiser jogar domingo no sol de 10h da manhã, você não aguenta”, analisa Murilo, que já jogou no Flamengo e no Grêmio São João em Votorantim e também em times de Angatuba e Sorocaba.

E além dos esportes, a Praça também é muito procurada para lazer. A faxineira Euzilene Maria Guioto, de 34 anos, que mora no bairro Vossoroca, leva os dois filhos todas as terças e quintas-feiras para brincarem nos brinquedos da Praça. Ela conta que sempre leva Luis, de sete anos, para as aulas de natação e, um pouco antes, passa na Praça, junto com seu outro filho, Lucas, de três anos, para que os dois se divirtam um pouco. “Sempre chegamos às 8h, a gente vem de ônibus. A natação do meu filho mais velho é às 9h, aqui perto. E as crianças gostam bastante de vir aqui na Praça, eles gostam muito de brincar na gangorra e na balança, além de ficarem correndo para lá e para cá. É bom para gastar um pouco a energia das crianças. Perto da minha casa não tem muitas pracinhas, aí eu prefiro vir aqui. Aqui é gostoso, também é gostoso vir à noite, às vezes eu trago eles para andarem de bicicleta. É um bom espaço tanto para as crianças quanto para os adultos”, conclui Euzilene.

 

Publicado na edição 307 do Jornal Gazeta de Votorantim, de 09 a 15 de março de 2019, página 03.

 



Veja mais fotos:

  1. Reginaldo Coutinho e Murilo Lucas (Foto: Ivana Santana)

  2. Reginaldo Coutinho e Murilo Lucas (Foto: Ivana Santana)
  3. Evaristo da Rocha (Foto: Ivana Santana)

  4. Evaristo da Rocha (Foto: Ivana Santana)
  5. Márcia Meira (Foto: Ivana Santana)

  6. Márcia Meira (Foto: Ivana Santana)
  7. Praça foi inaugurada com marquise em palco, em 1996 (Foto: Cesar Silva/ Arquivo)

  8. Praça foi inaugurada com marquise em palco, em 1996 (Foto: Cesar Silva/ Arquivo)







Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.