Anterior

Ganhador de Votorantim da Mega da Virada resgata prêmio de R$ 5,8 milhões

09/01/2019

Anterior

Próxima

Pai e filho são presos por pesca ilegal na Represa de Itupararanga

10/01/2019

Próxima
10/01/2019 - 14:37
Cresce procura por procedimentos cirúrgicos estéticos entre os homens

Escolhas devem ser conscientes e cirurgias têm de ocorrer em hospitais seguros e com médicos habilitados
 Foto: Divulgação 

Em cinco anos, a busca de homens por cirurgias quadriplicou

A procura por procedimentos cirúrgicos estéticos tem crescido cada vez mais no Brasil, inclusive entre o público masculino. Conforme um levantamento da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), em cinco anos, a busca de homens por cirurgias quadriplicou, passando de 72 mil para 276 mil ao ano.

A médica cirurgiã plástica, Mariana Freire, confirma essa tendência e acredita que muitos pensamentos, alguns relacionados ao preconceito, têm ficado no passado. “A gente observa que eles têm perdido um pouquinho a vergonha ou quebrado alguns tabus, como a ideia de que cirurgia plástica é apenas para mulher”, comenta, elencando que entre os procedimentos mais requisitados estão toxina, preenchimento, abdominoplastia, otoplastia e lipoaspiração, que pode ser feita apenas em pessoas com mais de 18 anos e por um médico devidamente habilitado, com residência de cirurgia plástica e membro da SBCP.

Contudo, independente do sexo, o paciente que tem a intenção de ser avaliado para um procedimento estético precisa estar consciente de suas escolhas, como explica Mariana. “A decisão tem de ser amadurecida e pensada. Muitas vezes, o paciente pode estar sendo influenciado. Temos de avaliar, ainda, a questão emocional; pois, a pessoa pode estar passando por algum momento difícil e está tentando se firmar. Por isso, primeiramente, é necessário entender toda a situação”, ressalta.

A médica também chama a atenção quanto ao apoio familiar. “É fundamental, porque o paciente pode ter alguns medos e anseios, e precisa contar com alguém, principalmente no período pós-operatório, ou seja, vai necessitar de ajuda nos primeiros dias.”

Mariana orienta que, antes do primeiro contato com o profissional, o paciente deve listar em um papel as dúvidas relacionadas ao procedimento. “Já o médico deve esclarecer todas as questões, os possíveis riscos e nunca esconder nada”, pontua, destacando que todo o processo deve ocorrer em hospital seguro e equipado e paciente fazer todos os exames pré-operatórios.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa/Desenvolve Comunicações










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.