Anterior

Livro “O Alienista” será tema de bate-papo na Biblioteca Infantil

11/07/2018

Anterior

Próxima

Comissão de Ética da Câmara questiona órgãos públicos de outras cidades sobre a presença do vereador Gaguinho

11/07/2018

Próxima
11/07/2018 - 15:36
Vacinação contra a gripe prossegue nas unidades de saúde de Votorantim

Doses estão disponíveis nas UBSs, de segunda a sexta-feira, também para crianças de 5 a 9 anos e adultos entre 50 e 59
 Foto: Imagem Ilustrativa 

A Secretaria da Saúde de Votorantim informa que ainda há doses disponíveis de vacinas contra a gripe, que protege contra o vírus Influenza H1N1, em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município. Segundo o Departamento de Vigilância em Saúde, desde o início da campanha, em 23 de abril até o momento foram aplicadas mais de 25 mil doses, correspondentes a uma cobertura geral de 82,84%.

Dos grupos prioritários, somente o de idosos, pessoas com 60 anos ou mais, ultrapassou a meta da campanha em 102,93%, imunizando até o momento 10.965 pessoas. Além dos idosos, foram vacinados 1.767 trabalhadores da área da saúde (85,90%); 3.993 crianças de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias (56,99%); 693 gestantes (55,57%); 147 puérperas (71,71%); 845 professores (80,09%), além de 6.995 pessoas com doenças crônicas, lembrando que a meta estipulada pelo Ministério da Saúde é de que o município vacine 90% de cada grupo prioritário.

Desde o último dia 25 de junho, as doses da vacina também foram estendidas, enquanto durarem os estoques do município, para os grupos de crianças de 5 a 9 anos de idade e pessoas entre 50 e 59. A liberação das doses foi uma determinação do Ministério da Saúde e Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE).

O secretário da Saúde, Júnior Silveira, reforça a necessidade de as pessoas, principalmente as crianças, procurarem as unidades para receber a dose da vacina. “É importante que os pais levem as crianças para receber a vacina”, pontua.

Casos confirmados e suspeitos

Votorantim registra quatro casos confirmados de Influenza H1N1, dos quais um óbito na zona rural, cuja residência declarada pelos familiares do paciente está sendo verificada, uma vez que o atendimento se deu em Mairinque. Trata-se de uma criança de seis anos de idade. Em relação a casos suspeitos, até o momento são quatro casos sob investigação entre eles um óbito, de uma criança de 12 anos também com atendimento em outro município.

A diretora da Vigilância, Nila Puglia, explica que a vacina é segura e protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da OMS (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Neste ano, apenas a cepa da influenza A (H1N1) não foi alterada.

Para orientações e mais informações sobre a vacinação, a Vigilância solicita que o munícipe procure diretamente a UBS de seu bairro.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Votorantim










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.