Anterior

Paróquia prepara comemoração dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida

09/10/2017

Anterior

Próxima

Tarifa Social da Água pode beneficiar mais famílias

09/10/2017

Próxima
09/10/2017 - 12:32
Votorantim é destaque nacional em índice de saneamento
 Foto: Jorge Silva  

Tratamento de esgoto influencia na qualidade da água do Rio Sorocaba

Vanessa Corrêa
(programa de estágio)


Votorantim está entre os 14 municípios com melhores índices em abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto, coleta e destinação de resíduos sólidos em nível nacional. O ranking é composto por 231 municípios com mais de 100 mil habitantes e foi divulgado na última terça-feira (03) pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES).

O município votorantinense é o único da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) a estar entre as cidades “Rumo à Universalização do Saneamento”, atingindo a pontuação de 490,27% e ficando 13° lugar.  A pontuação máxima é de 500%.

A pesquisa que está sendo realizada desde 2015, foi criada para avaliar a situação do saneamento básico no território brasileiro, em acordo com a Lei Federal nº 11.145 de 2007, que define o saneamento como direito básico. Apresenta também a relação dos cuidados com o esgoto e a saúde da população, interligando o resultado às Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado (DRSAI) de cada município.

A fórmula de cálculo é feita por meio do número de habitantes do município e o total da população atendida pelo referido serviço. Os dados utilizados são do Sistema Nacional de Informação sobre Saneamento (SNIS), realizado pelo Ministério das Cidades e também pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), por meio do Ministério da Saúde.

Dados
Votorantim obteve 96,43% na pontuação no índice de abastecimento de água; 95,45% de coleta de esgoto; 98,39% de tratamento de esgoto; 100% nos dados de coleta e destinação de resíduos. As cidades que compuseram o ranking dos melhores resultados são Piracicaba (SP), Birigui (SP), Santos (SP), Maringá (PR), Franca (SP), Jundiaí (SP), Araçatuba (SP), Araraquara (SP), Limeira (SP), Niterói (RJ), Taubaté (SP), Curitiba (PR), Votorantim e São José dos Campos (SP), sendo que os melhores resultados em nível nacional resultaram a média de 494,60%.

A taxa de internação média por doenças correlacionadas à falta do tratamento de água e esgoto em Votorantim foi de 7,64 para cada 100 mil habitantes.

Segundo a pesquisa, no Brasil, 304 municípios são compostos por mais de 100 mil habitantes, os quais 231 deles compõe o ranking, sendo que apenas 6% das cidades atingiram a pontuação para se enquadrar na categoria “Rumo à Universalização” – acima de 489%; 18% estão em “Compromisso com a Universalização” – de 450 a 489%; e, 76% dos municípios estão na categoria “Primeiros Passos para Universalização” – abaixo de 450%.

A cidade de Salto também integrante da RMS ficou em 19° lugar no ranking com a pontuação de 483,32%, já Sorocaba ocupa a posição 31° com 470,72%, ambas na categoria “Compromisso com a Universalização”.

Resultado positivo
A Prefeitura Municipal de Votorantim, responsável pela coleta e destinação de resíduos sólidos, e a concessionária Águas de Votorantim, responsável pelo abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto, manifestaram-se satisfeitos com os resultados.

“Atualmente a cidade conta com cinco Estações de Tratamento de Água (ETA) responsáveis por abastecer toda a cidade, além de três Estações de Tratamento de Esgoto (ETE), serviços esses que passam por constantes aprimoramentos. O controle, supervisão e fiscalização da prestação desses serviços concedidos cabe à Agência Reguladora de Votorantim (Agerv).

Outro fator que evidencia avanços em direção a índices positivos na política de resíduos sólidos adotada pelo município é a regularização do aterro sanitário e a implantação da quarta célula. Além disso, aliada à questão de infraestrutura, as ações e programas desenvolvidos pela Secretaria da Saúde, por meio de sua rede de atenção básica, também colaboram significativamente para esse resultado positivo que coloca Votorantim no seleto grupo dos municípios em nível nacional”, disse o Governo Municipal em nota.

“É gratificante que Votorantim esteja entre os 14 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes que apresentam os melhores resultados nos índices apresentados. Esse resultado é fruto do trabalho e dedicação da equipe de Águas de Votorantim e de todo o investimento que vem sendo realizado no sistema de saneamento da cidade.

São realizados estudos com o objetivo de identificar oportunidades de melhoria nos sistemas de água e esgoto do município, tanto no sentido de universalização dos serviços como no de aumentar a eficiência dos sistemas já existentes. Dessa forma, são direcionados investimentos a serem realizados em ampliação das redes de abastecimento de água e coleta de esgoto, modernização e ampliação das unidades operacionais, monitoramento e controle dos índices e resultados, entre outros, visando sempre a excelência dos serviços prestados à população de Votorantim”, posicionou-se a Águas de Votorantim. (Supervisão: Luciana Lopez)


Reportagem publicada na página 05 da edição 239 da Gazeta de Votorantim de 07 a 13 de outubro de 2017










Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.